Início / Arqueologia / ARQUEOLOGIA DA ARQUITETURA
ARQUEOLOGIA DA ARQUITETURA

ARQUEOLOGIA DA ARQUITETURA

Autor: Deisy de Morais

Editora: Habilis Press Editora

Categoria: Arqueologia

Por R$ 50,02 ou 1x de R$ 50,02Boleto à vista: R$ 45,02 (10% de desconto)
Favoritar Pedir de Presente
Dados pessoais
Dados do seu amigo

Estimativa de frete

( Não sei meu CEP )
  • Sinopse
  • Características

“Estação Ferroviária de Piraju: ensaio de Arqueologia da Arquitetura de Ramos de Azevedo” é o título da dissertação de mestrado de Daisy de Morais. Entendida como documento arqueológico na perspectiva da Arqueologia da Arquitetura, a EFP foi proposta como objeto de pesquisa. Assim, esse conjunto histórico-arquitetônico, considerado patrimônio cultural pela comunidade, é estudado no contexto social e econômico que o produziu, consideradas três escalas de aproximação: a região, macroescala que abrange o Paranapanema médio, área do Estado de São Paulo alcançada pela expansão dos cafezais a partir de 1870; a cidade, escala média que abrange Piraju, que teve o seu desenvolvimento alavancado pelo capital gerado pela cafeicultura, principalmente na primeira década do século XX; o módulo arqueológico, microescala que abrange o conjunto da EFP, convergindo para o seu edifício principal. Para este trabalho, Daisy de Morais definiu, como objetivo geral, evidenciar e registrar, sob o ponto de vista da Arqueologia da Arquitetura, os elementos arquitetônicos que compõem o registro arqueológico da EFP, interpretando-os no contexto social e econômico da cidade e da região. Isto considerando, a autora definiu como escopo: a) a indicação das unidades estratigráficas e dos horizontes cronológicos da edificação principal da EFP, com a elaboração da síntese das modificações do partido arquitetônico (alterações de programa, volumes, materiais construtivos e intenções plásticas das reformas), correlacionando-as com as mudanças de uso e ocupação do edifício; b) a formulação de subsídios preliminares para a construção de estratégia eficiente para a recuperação e uso qualificado do imóvel, tombado como bem de valor cultural da comunidade. O cumprimento desses objetivos contribuiu para a compreensão do processo cultural responsável pelo desenvolvimento e consolidação de Piraju como cidade, sugerindo opções de inclusão e devolução social de um patrimônio de grande importância para a comunidade local. A recuperação do conjunto histórico-arquitetônico e a implantação de um centro regional de memória integra o planejamento para o desenvolvimento turístico do Município de Piraju.

ISBN: 978-85-60967-05-6

Comprimento: 23 cm

Largura: 17 cm

Peso: 0,313 kg

Número de páginas: 164